Mariana ou Paris?

Na última semana as redes sociais foram mais uma vez divididas por dois lados, mas dessa vez a disputa  não foi entre Dilma e Aécio, direita e esquerda, Ronda e algum adversário, flamengo e os outros times do país ( acabei de dar a maior moral pra vocês flamenguistas hein?! rs)
   A disputa que povoou nossa  linha do tempo foi um pouco quanto inusitada e seria cômico se não soubéssemos que era real, pois o tema era: "Qual a tragédia mais importante?"
    Uns defendiam que o atentado em Paris deveria sim tomar mais atenção da mídia brasileira, pois é algo que pode vir a atingir todo o mundo, a empresa "facebook" disponibilizou a bandeira francesa para colocar no perfil e todos declaravam: #prayforParis
    Outros declaravam que a tragédia de Mariana MG, era mais importante pois foi na nossa pátria e devemos olhar para os nossos e começaram a declarar: #prayforMariana ( se é patriota porque não escreve em português?) 
    Enfim, e no meio desses ataques de intelectuais, mestres e doutores formados na faculdade Facebook Internacional "Fútion" ficaram tantas outras vítimas de tantas outras tragédias que acontecem diariamente, debaixo dos nossos olhos e nós nem nos damos conta!

   Ok, concordo que o ataque em Paris pode se desdobrar em algo muito maior, precisamos ficar atentos aos movimentos do EI, até porque antes da França, eles já atacaram, Nigéria, Quênia, dentre muitos outros países.
Ok, também concordo que o próprio facebook ignorou a situação gravíssima de Minas, disponibilizando bandeiras apenas francesas ( eu improvisei minha imagem de lama), afinal a lama não vai ficar só em Minas e Espirito Santo, segundo o IBAMA a lama vai atingir o oceano e causar estragos ainda maiores.
   Mas o que fazemos com aquele morador de rua que passamos e nem damos bom dia? O que fazemos com a tragédia que tem acontecido no RJ todos os dias com o mundo do crime aliciando cada dia mais jovens e crianças.
    O que fazemos com as crianças inocentes que estão morrendo com as bombas de vingança da França?
    O que fazemos, com aquele nosso colega de trabalho que está quase sendo demitido e nem uma oração fazemos por ele?
    O que fazemos com as tragédias que acontecem todos os anos nas escolas, com a evasão excessiva de alunos?
    O que fazemos com tanta coisa errada ao nosso redor?

É amiguinho, seu clique, nossa foto (me incluo porque eu também troquei a foto), as brigas e discussões ( quase defesas de teses) não vão transformar o mundo. Comece a pensar como você pode fazer diferente, como você pode ajudar a diminuir tanta dor e tanta injustiça...


 E lembre-se: Se você briga para saber qual é a maior tragédia, sinto muito em te informar, mas a maior tragédia é o seu pensamento!




Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão.1 João 4:20,21
Beijos e queijos,

Priscila Pincos
Enviar um comentário

Mensagens populares