Você sabe o que é o amor?!

   Aaah, o amor... O amor é quando você sente seu coração bater mais forte, o mundo para e começa a girar em câmera lenta, passarinhos cantam ao fundo e  você tem a impressão de estar voando... aah isso é o amor?

 Não,  isso é quando você está sob efeito de drogas ou álcool, ou se assistiu demais os filmes da disney. Amor não é isso! 

   Se você está até hoje esperando aparecer o grande amor da sua vida se guiando por esses sintomas,  sinto muito em informar mas vai ficar pra titia ou vai ser guiada pela paixão, e isso não é legal.

    Diferente do que a mídia tenta nos mostrar o amor não é algo que acontece de forma mágica, o amor é construído e não se constrói à primeira vista. O que sentimos quando vemos alguém pela primeira vez é atração física,  interesse na pessoa, uma leve paixonite, mas não amor. 

   Você já leu 1coríntios 13, onde o apóstolo Paulo descreve sobre o que é amor?  Se você ler bem vai descobrir que não tem como um sentimento tão forte e eterno surgir das cinzas feito uma fênix. Ele é construído dia após dia, e é feito por sua escolha.

   O amor não é cego, a paixão sim. O amor reconhece erros, o amor corrige, o amor não aceita o ato de pecado mas acolhe o pecador.  Isso sim é amor. O resto é: paixão,  atração,  fogo em lugares baixos... mas não é amor, ou pelo menos não é o verdadeiro amor. 

    O amor não acontece a cada 2 meses, pare e pense: se ele é construído logo precisa de tempo para começar a estar visível.  Imagina uma construção de antigamente,  por que hoje em dia até as construções são rápidas demais, eram cavadas enormes sapatas de metros de profundidade, fincados estruturas de ferro e muito cimento só depois de todas as sapatas feitas começava a construção das paredes, a sapata funcionava como o alicerce daquela construção e quanto mais funda melhor estruturada.; Assim é o amor, construído aos poucos, com gestos, atitudes,  olhares...

    Por isso nada de ficar esperando um príncipe num cavalo branco, ou sentir falta de ar ao ver alguém ( se isso acontecer procure um médico) O amor é uma escolha,  você olha alguém e pensa "Huum, interessante" e a partir daí começa a fazer uma pesquisa de campo, só depois com o tempo se for uma escolha sua o amor começa a nascer. 

  Então não se guie pelos filmes, novelas, seriados e livros de romance, por mais que seja fofo a forma de amor que eles demonstram não é fórmula correta pra fazer o "Felizes para sempre"



Sugestão de música hoje, mais uma vez Marcela Taís "Escolhi te Esperar"


Enviar um comentário

Mensagens populares